KGB

KGB é a sigla da principal organização de serviço secreto da União Soviética, correspondente às primeiras letras de Komitet Gosudarstvennoy Bezopasnosti, “Comitê de Segurança do Estado”, em tradução literal. Criada em 1954 foi atuante até 1991 quando, com a dissolução da União Soviética, foi dividida em dois comitês, um de segurança interna e outro, externa.

A KGB foi um dos mais poderosos e temidos órgãos da administração soviética. Combinava operações secretas no exterior, espionagem, supervisão das forças militares e proteção de líderes políticos.

Durante a Guerra Fria, a KGB controlou, intimidou e até eliminou dissidentes políticos acusados de “subversão ideológica”. Ente os perseguidos pela KGB estão o escritor Alexander Solzhenitsyn, preso em 1974 por sua obra “Arquipélago Gulag”, o campo de trabalhos forçados da União Soviética, e o físico nuclear Andrei Sakharov, ativista pelos direitos humanos e liberdades civis em seu país, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1975 que não pode receber porque foi proibido de sair do país, acabou preso em 1980.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn