Barroco

Termo que designa um estilo artístico que floresceu especialmente nos países católicos da Europa e da América entre os séculos XVI e meados do XVIII. O estilo seguiu as tendências da Reforma católica de criar uma arte que encenasse a glória de Deus por meio formas exuberantes, profusão de elementos, jogo de oposições (como o uso do claro e escuro na pintura). O Barroco rompeu com a sobriedade, equilíbrio e racionalismo do Renascimento pelo gosto do movimento, das ondulações, das formas complicadas, dos contrastes, da riqueza de detalhes que criam efeitos cenográficos e teatrais.

O termo deriva de barroco (português) e barrueco (espanhol) que designava uma pérola irregular. Tornou-se sinônimo, em quase todas as línguas europeias, de extravagante, disforme, anormal, irregular.

Tradicionalmente, considera-se como o primeiro exemplo da estética barroca a igreja del Gesù, dos jesuítas, Roma, iniciada em 1568.

No Brasil, as igrejas e capelas de Minas Gerais construídas na época do ouro, no século XVIII, expressam o chamado barroco mineiro que incluiu, também, manifestações musicais e literárias. O Barroco mineiro teve seu centro principal na antiga Vila Rica (atual Ouro Preto), fundada em 1711, mas também floresceu com vigor em Diamantina, Serro, Mariana, Tiradentes, Sabará, São João del-Rey, Congonhas e outras vilas mineiras.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn