Palmares, quilombo de (ver Quilombo)

Palmares foi uma confederação reunindo dez quilombos formada na capitania de Pernambuco, entre o cabo de Santo Agostinho e o rio São Francisco. Originou-se de um grupo de escravos fugitivos que se refugiaram na serra da Barriga, na região conhecida como Palmares, hoje pertencente ao estado de Alagoas.

Foi a mais importante comunidade quilombola do Brasil. Há muita divergência sobre o número total dos palmarinos, estimando-se que tenha oscilado entre 6 mil e 20 mil. Desenvolveram uma agricultura diversificada plantando cana-de-açúcar, milho, feijão, mandioca, batata e legumes. Fabricavam artefatos de palha, manteiga e vinho; criavam galinhas e porcos e desenvolveram uma organizada atividade metalúrgica.

As guerras provocadas pelos ataques dos holandeses a Pernambuco, em 1630, facilitaram a fuga de mais escravos para Palmares. Dezenas de expedições foram feitas para destruir Palmares sem sucesso. O golpe final ocorreu entre 1694-1695 com as tropas lideradas pelo paulista Domingos Jorge Velho com o massacre de toda população incluindo Zumbi, o líder de Palmares, que foi degolado tendo sua cabeça sido enviada para o Recife como troféu.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn