Tahuantinsuyu (ver Incas e Império)

Tahuantinsuyu era o nome do Império Inca em quéchua, derivado de Tawantin, sendo tahua ou tawa, “quatro”, e o sufixo tin, “grupo”, e suyu, “canto”, “região” ou “divisão”, significando “Império dos Quatro Cantos”.  De fato, o império era dividido em quatro partes ou suyus: Chinchaysuyu (noroeste do Peru e Equador), Antisuyu (parte amazônica do império), Collasuyu (atual Bolívia) e Condesuyu (costa do oceano Pacífico).

Ocupava uma área de 950 mil km2 ao longo da Cordilheira dos Andes, até a costa oeste da América do Sul. Abrangia terras hoje pertencentes a seis países: Peru, Equador, Colômbia, Bolívia, Chile e Argentina. Somava cerca de 20 milhões de indivíduos de diferentes culturas, etnias e línguas. A capital era Cusco (Qosqo), em quéchua, “umbigo do mundo”, foi construída a 3.400 metros acima do nível do mar.

Oficialmente, todas as etnias dominadas pelos incas deveriam adotar a língua quéchua, adorar ao Sapa Inca (imperador) e ao Sol, e pagar tributos em forma de horas de trabalhos periódicos (mita).

O império era cortado por cerca de 40 mil km de estradas, ligando Cusco às populações das montanhas, dos vales e do litoral. Por elas circulavam os chaquis, mensageiros do imperador, trabalhadores rurais conduzindo rebanho lhamas, o Exército e o próprio Inca (o imperador) com sua comitiva.

Ao longo das estradas, os incas construíram os tambos, espécie de abrigos e posto de correio, em que um chasqui entregava a mensagem a outro, que continuava o caminho até o tambo seguinte. Esse revezamento permitia que uma mensagem percorresse uma distância de 250 km em um dia. As estradas facilitaram a integração do império e a manutenção do domínio inca.

O imperador, intitulado Sapa Inca, o “filho do Sol”, era reverenciado como uma divindade. Tinha plenos poderes sobre toda a sociedade, inclusive nobres e sacerdotes. Era cercado por milhares de servidores, que viviam dos tributos pagos pela população.

Tahuantisuyu

Tahuantisuyu, o Império Inca, e suas quatro divisões.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn