Estereótipo

A palavra estereótipo vem do grego stereos, “sólido, firme” e typos, “impressão”, significando uma impressão ou ideia forte. É uma crença generalizada para pré-definir um grupo de pessoas quanto ao seu comportamento, gênero, aparência, religião, cultura, condição social etc. É uma ideia ou conceito preconcebido, estabelecido pelo senso comum e muitas vezes inconsciente e automático, sobre uma determinada comunidade. Usamos de estereótipos quando achamos de todas as pessoas de um determinado grupo têm o mesmo comportamento, pensam igual, vestem-se da mesma maneira etc.

O estereótipo funciona como uma forma de rotular as pessoas, generalizando sobre aparência (cor de pele, tipo de cabelo, roupas etc.), sobre comportamento (modo falar, personalidade, preferências etc.), valores sociais e morais, e sobre nacionalidades. Neste último caso, são exemplos os estereótipos sobre árabes, japoneses, franceses ou mesmo sobre populações brasileiras de outros estados.

Os estereótipos sejam favoráveis ou desfavoráveis sempre influenciam condutas e comportamentos, e geram sentimentos de aceitação ou rejeição em relação a determinados grupos humanos. Eles denotam falta de espírito crítico e de respeito à individualidade dos sujeitos.  Em muitos casos, os estereótipos podem se tornar formas de preconceito.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn