Roda de oleiro

Disco giratório sobre o qual o oleiro (ceramista) coloca o barro para fazer uma peça de cerâmica. Com o movimento rotatório do disco, ele vai moldando o barro rapidamente e criando objetos de cerâmica de diferentes formas.

A mais antiga roda de oleiro conhecida é de Ur, Mesopotâmia, 3.000 a.C. e por isso sua invenção é atribuída aos sumérios. No entanto, há achados mais antigos na Índia  que sugerem que as culturas do Vale do Indo já usavam a roda de oleiro por volta de 4.000 a.C. No Egito, a roda de oleiro já existia desde 2.000 a.C., e é possível que a roda de oleiro movida a pé tenha sido inventada pelos egípcios.

Roda de oleiro

Ceramista trabalhando na roda de oleiro, gravura de 1770.

 

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn