Reino Unido, Brasil

Em 16 de dezembro de 1815, o Brasil foi elevado a Reino Unido de Portugal e Algarves. A nova categoria tirava o Brasil da posição de colônia e igualava-o no nível de importância da metrópole. A decisão foi uma resposta de D. João à mudança do cenário europeu.

Com a derrota definitiva de Napoleão Bonaparte, desapareceram os entraves para o retorno de D. João a Portugal. Os defensores do regresso do rei argumentavam que o Brasil não era adequado para sede da monarquia. Em Lisboa, contudo, a corte estaria mais vulnerável diante do tradicional inimigo espanhol e, por conseguinte, precisaria contar com a proteção da Inglaterra o que reforçava a dependência de Portugal em relação a esse país.

Os que desejavam a permanência do rei, lembravam do risco do Brasil fragmentar-se em movimentos separatistas como acontecia nas colônias espanholas.

O impasse foi resolvido com a sugestão do representante francês Talleyrand durante o Congresso de Viena: mudar o status político do Brasil elevando-a a Reino Unido. Com isso, transformou a colônia em sede do Império português legitimando a permanência do rei no Brasil, manteve-se a integridade territorial.

Veja mais

 

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn