Nomadismo

Chama-se nomadismo o modo de vida de comunidades que não têm uma habitação fixa, que vivem mudando de lugar. Usualmente são povos caçadores-coletores ou pastores que mudam em busca de novas pastagens para o gado, quando se esgota aquela em que estavam. Existem povos seminômades que se mudam sazonalmente, e mantêm uma casa ou território permanente.

São exemplos de nômades: povos caçadores-coletores como os esquimós na Groelândia, populações indígenas da Amazônia, pastores nômades como os tuaregues no deserto do Saara, árabes beduínos, ciganos da Europa.

Os povos nômades são diversos em suas origens, etnias, ambientes em que vivem e a maneira como subsistem. Tribos e clãs são a principal estrutura organizacional. Eles unem forças para responder a situações de ameaça, casamento, subsistência e outras circunstâncias. Os nômades geralmente possuem uma sociedade patriarcal, na qual o pai e o idoso têm uma autoridade vertical, absoluta e incontestável. Em geral, é o ancião que diz para onde ir, onde se estabelecer, quando sair e seguir seus conselhos é um símbolo de sabedoria.

Os nômades não se dedicam à agricultura e frequentemente ignoram as fronteiras nacionais na sua busca por melhores pastagens. Estima-se que exista no mundo cerca de 30 milhões de pessoas pertencentes a povos nômades.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn