Songhai ou Sonrai, Império

Songhai ou Sonrai designa um estado africano que se desenvolveu, a partir do século VIII, na África Ocidental. Depois de um curto período dominado pelo império de Mali (século XIV), Songhai recuperou sua autonomia e, sob o reinado de Sunni Ali Ber (1464-1492), expandiu-se atingindo seu apogeu durante o reinado de Askia Muhamad, o Grande (1593-1528). Tornou-se, então, o maior império da África de seu tempo controlando uma área de 1,4 milhão de km2.

As cidades de Gao, Tombuct e Djenné eram os principais centros comerciais e religiosos do império. Suas mesquitas e escolas islâmicas (a religião oficial do império era o Islã) eram famosas no mundo islâmico. Ali ensinava-se teologia, linguística, literatura, filosofia grega, direito, matemática, astronomia, medicina e outras ciências. Havia intenso intercâmbio com as universidades do Cairo e de Damasco.

Songhai entrou em colapso no final do século XVI, após a invasão dos exércitos do sultão de Marrocos, liderado pelo paxá Djudar. Na Batalha de Tondibi, em 12 de abril de 1591, a cavalaria songhai foi massacrada pelas armas de fogo dos marroquinos. O Império Songhai desmoronou e nunca mais se ergueu.

No século XVI, o Imperio Songhai atingiu sua extensão máxima abrangendo as regiões dos atuais Mali, Níger, Senegal, Guiné, Gâmbia e Burkina Faso.

Veja mais

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn