Inconfidência, conjuração

Apesar de tratados como sinônimos, inconfidência e conjuração são termos que designam coisas diferentes. Inconfidência se associa à ideia de traição e infidelidade ao soberano e à metrópole. O inconfidente é aquele que revela os segredos confiados, especialmente do Estado, que age desleal e traiçoeiramente. Portanto, a inconfidência é um crime cometido contra o soberano ou contra o Estado.

Conjuração é uma conspiração contra um governo ou autoridade estabelecida. Um grupo de pessoas (os conjurados) se unem e, mediante um acordo secreto, arquitetam um complô para derrubar um poder estabelecido ou atentar contra a vida de uma autoridade.

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn