Pré-colombianos (povos)

A expressão pré-colombianos refere-se aos povos nativos da América anteriores à chegada de Cristóvão Colombo. Em espanhol, usa-se, comumente, o termo América Pré-Hispânica.

A expressão é utilizada no estudo das civilizações indígenas das Américas, notadamente da Mesoamérica (olmecas, toltecas, zapotecas, mixtecas, astecas e maias) e da América do Sul (civilização caral e civilizações andinas: inca, moche, nazca, chibchas e canaris). Também é usada para se referir à civilização do Mississippi, aos esquimós, sioux, cherokees, iroqueses e outros povos na América do Norte.

O período pré-colombiano inicia com as primeiras migrações humanas da Ásia para a América, através da Beríngia, o que teria ocorrido há cerca de 40.000 anos AP. Este longuíssimo período do povoamento da América e estabelecimento das primeiras comunidades é dividido em Paleoíndio, Arcaico e Formativo.

O término do período pré-colombiano não ocorreu, contudo, com a chegada de Colombo à América em 1492, uma vez que a história de todas aquelas sociedades nativas não foi imediatamente afetada pela conquista europeia. A influência europeia só foi decisiva e irreversível décadas ou séculos após o primeiro desembarque de Colombo.

 

 

Compartilhe =]

Compartilhar no Facebook Compartilhar no WhatsApp Compartilhar no Pocket Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn